5 práticas que não podem faltar no seu site de clínica médica

Médicos são profissionais dedicados que podem trabalhar por longas jornadas e precisam se manter sempre atualizados. Por conta disso, muitas vezes dispõem de pouco tempo para trabalhar os aspectos de comunicação e marketing do seu consultório.

Infelizmente, é comum excelentes médicos não oferecerem boas experiências no site: seja uma navegação confusa, uma área que de repente não abre, um logo fora do lugar… Por isso preparamos essas dicas de marketing médico voltada para essa ferramenta importantíssima de comunicação que é o site.

1- Usabilidade é tão importante quanto design

Mas o que é usabilidade? É um conceito que vai além de ter uma apresentação bonita, usabilidade é colocar em primeiro lugar a funcionalidade e facilidade em encontrar informação em um site. Por exemplo, uma prática simples que se vê em quase todos os sites que navegamos: o logo na lateral esquerda e abaixo dele o menu, como podemos observar na home page do UOL:

Esse é um formato que já estamos acostumados na área superior do site, chamada de “header”. Pode parecer banal mas alterações pequenas dessa formula, como colocar o menu acima do logo, pode impedir muitos usuários de entenderem o site e buscarem soluções em outro lugar. Ao entrar no seu site, nos primeiros 10 segundos o usuário precisa entender: o que você faz, quem você é e onde ele deve clicar para encontrar a informação que precisa.

2 – Velocidade faz toda a diferença

Estou falando de velocidade de carregamento da página, claro. A expectativa média de um usuário é que o site carregue em até 3 segundos. Mais do que isso ele passa a ficar propenso a fechar a janela. Principalmente no mundo de hoje onde cerca de 50% dos acessos são por celulares – muitas vezes em uma conexão 3G – o tempo de carregamento é mais importante do que nunca.

Uma boa ferramenta para conferir a velocidade do se site é o Google Pagespeed insights, procure uma nota acima de 70 para o seu site! Para isso é necessário otimizar o tamanho das imagens, os servidores, etc.

 

3 – Tenha um site otimizado para dispositivos móveis

E falando em celular: sempre tenha um site responsivo, ou seja, que abre também em celulares de forma otimizada, sem ser a mesma versão para computadores. A filosofia de ‘mobile first’ (fazer primeiro o design em celular e depois em desktop) vem ganhando cada vez mais adeptos.

Novamente, o Google tem uma boa ferramenta para analisar se seu site está ou não otimizado para dispositivos móveis.

4 – Crie conteúdo relevante

Tecnologia, usabilidade e design são importantes, mas tem um aspecto do site que depende somente do médico: o conteúdo. Faz muita diferença um site que oferece conteúdo relevante para pacientes, com dicas de saúde e explicações das melhores práticas. Por exemplo esse artigo do Instituto Vida Vascular sobre os problemas na circulação causados pelo tabagismo.

Lembre-se: bom conteúdo gera credibilidade, além de trazer mais pessoas para o seu site! Não se contente em ter um site somente bonito e com seus dados de contato.

Confira o Blog do Instituto Vida Vascular: http://www.vidavascular.com.br/blog

5 – Analise as informações

A grande vantagem de trabalhar no meio digital é poder analisar todos os dados que os seus potenciais pacientes navegam pelo site. Você pode saber as páginas mais acessadas, o tempo médio no site e até visões mais sofisticadas como um mapa de calor. Para começar basta instalar no seu site uma ferramenta muito simples: o Google Analytics! Por exemplo, se você estiver seguindo a dica 4 e produzir conteúdo, com o Google Analytics você consegue saber as páginas de maior interesse, um aprendizado valioso acerca dos seus pacientes.

Se for tiver tempo e disposição o Google disponibiliza um excelente curso online acerca de como utilizar a ferramenta. Outra opção é buscar uma agência que entenda do assunto e auxilie você a navegar por esse mar de métricas.

Alguns dos dados disponíveis no Google Analytics: horário do dia, região e dispositivos dos acessos no seu site.

Dica bônus – Dedique algum tempo para o seu site e contrate uma agência confiável

Sabe qual é o principal inimigo do marketing médico? O tempo que os médicos se dedicar para ele. Busque profissionais confiáveis e não apenas baratos. Evite soluções caseiras como um conhecido que tem um primo que sabe fazer sites… É fácil colocar no ar qualquer site, mas fazer um trabalho seguindo as dicas acima (e muitas outras) requer o olhar de especialistas. Sem falar que na hora que houver um problema é importante poder contar com um suporte adequado.

Com bons especialistas ao seu lado você não terá que dedicar nenhum tempo além do necessário com o seu site e poderá focar em atender seus pacientes.

Que tal ouvir uma proposta da Olhar Clinico para o seu site?

Cadastre-se em nossa newsletter:

Curta a nossa página no Facebook:

Olhar Clínico